DICAS para a resolução de questões – tipo ESAF/FCC:

1-Leia duas vezes a questão para ter certeza de que entendeu o que a banca espera como resposta. Procure “ler com os olhos da banca” e identificar qual é a “pegadinha” que está oculta nas entrelinhas e que “é a chave” para resolver a questão.

Se você entendeu a pergunta, encontrará a resposta. Se você identificar essa “pegadinha” com certeza vai acertar a questão.

Diga-se, no entanto, que nem todas as questões possuem “pegadinhas”, algumas cobram conhecimento puro e simples. Essas são bem mais fáceis de acertar.

2-Procure relembrar os conceitos perguntados. Se você lembrar, não perca tempo, vá direto à resposta compatível com os conceitos. Se houver duas compatíveis, releia essas duas alternativas e escolha a mais completa.

3-Se não tiver certeza do conceito, parta para a eliminatória, ou seja, leia todas as alternativas e elimine aquelas que estiverem incompatíveis. Certamente sobrarão apenas duas alternativas, ou, no máximo, três. Releia essas alternativas e assinale a que melhor se enquadra como resposta.

4-Como última opção, se após eliminar as alternativas incompatíveis sobrarem duas ou três alternativas possíveis, faça o seguinte: monte um quadro contendo as respostas da disciplina, para identificar quantas respostas foram A, quantas B, quantas C, quantas D e quantas E. A regra é que haja um número aproximado de respostas para cada alternativa: A,B,C,D ou E (Exemplo: numa prova de 50 questões, haverá entre 8 e 12 questões para cada alternativa). De posse dessa informação identifique qual a alternativa que apresenta menor número de respostas. Então, vá até a questão(ões) não respondida(s) – e se a alternativa que apresenta menor número de resposta corresponder a uma das alternativas possíveis – então assinale essa alternativa (A,B,C,D ou E) que tem o menor número de respostas.

5-Redobre a atenção na hora de transcrever as respostas para o cartão de respostas. Muitas pessoas deixaram de conquistar o cargo público por transcreverem incorretamente as respostas no cartão (eu também já cometi esse erro).

Lembre-se !!! No final do concurso, a diferença entre quem passou e não passou será de apenas uma, duas, ou, no máximo, três questões.

DICAS para solução de questões – tipo CESPE

1-Leia duas vezes a questão para ter certeza de que entendeu o que a banca espera como resposta. Procure “ler com os olhos da banca” e identificar qual é a “pegadinha” que está oculta nas entrelinhas e que “é a chave” para resolver a questão.

Se você entendeu a pergunta, saberá se a afirmativa está CERTA ou ERRADA. Se você identificar essa “pegadinha” com certeza vai acertar a questão.

Diga-se, no entanto, que nem todas as questões possuem “pegadinhas”, algumas cobram conhecimento puro e simples. Essas são bem mais fáceis de acertar.

2-Procure lembrar os conceitos perguntados. Se você lembrar, não perca tempo, assinale CERTO ou ERRADO e passe para a questão seguinte.

3-Se não tiver certeza do conceito:

a) Não responda, siga em frente respondendo as demais questões. Pode ocorrer que respondendo outra questão você consiga esclarecer a dúvida que surgiu naquela questão que você não respondeu.

b) Quando chegar ao final das questões – recomece analisando apenas as questões que você deixou sem responder. Se ainda persistir a dúvida faça o seguinte:
>Se a dúvida for pequena – responda a questão, pois terá boas chances de acertar.
>Se a dúvida ainda for grande – não responda a questão. Não é momento para brincadeira, não vá perder uma questão que você já respondeu e acertou por causa de uma resposta dada na base do “achômetro” (lembre que para o Cespe uma questão errada anula uma questão certa).

4-Para o CESPE o incompleto não é errado. A omissão de algum item não torna a questão errada se o restante do conteúdo estiver correto. Nesses casos, marque a resposta como CERTA.

5-Redobre a atenção na hora de transcrever as respostas para o cartão de respostas. Muitas pessoas deixaram de conquistar o cargo público por transcreverem incorretamente as respostas no cartão (eu também já cometi esse erro).

Lembre-se !!! No final do concurso, a diferença entre quem passou e não passou será de apenas uma, duas, ou, no máximo, três questões.

Que Deus os ilumine nesse dia!

Prof. Augustinho Vicente Paludo